quarta-feira, 20 de junho de 2012

Vereador de Ielmo Marinho continua foragido.


O vereador Júnior do mercadinho que atirou no soldado Mario Heverton Pereira da  Silva no ultimo domingo dia 17 de junho continua foragido.

RELEMBRE O CASO ABAIXO;

Uma abordagem de rotina por pouco não terminou em tragédia, no município de Ielmo Marinho, na noite do dia 17 de junho Policiais militares da 2ª CIPM de João Câmara foram atender a uma ocorrência de som alto e, chegando lá, foram recebidos a bala. O autor dos disparos foi o conhecido vereadorJÚNIOR DO MERCADINHO do Partido da República (PR), morador do distrito de Canto de Moça. O caso aconteceu por volta das 19h, no distrito de Canto de Moça. O vereador JUNIOR NUNES CABRAL mais conhecido como JUNIOR DO MERCADINHO estava em via pública juntamente com o irmão, que estava em uma caminhonete com o som alto ligado.  Os policiais que atenderam a ocorrência foram o soldado e o cabo Oliveira. Eles estavam no posto policial e foram acionados por populares.

Chegando ao local, pediram que o dono do veículo desligasse o som, pois estava incomodando os vizinhos. A partir daí, foi iniciada uma discussão e o vereador Junior do Mercadinho teria sacado uma arma e começado a atirar em direção aos policiais militares. De acordo com o soldado Heverton, foram efetuados dois tiros de revólver e as balas atingiram o carregador da pistola, que fica preso na cintura do policial. Depois disso, o vereador fugiu e não foi mais localizado. Os policiais da região ainda realizaram diligências, durante a noite, mas não obtiveram sucesso. A defesa do vereador Junior informou que ele irá se apresentar e que fugiu porque estava com medo. Ainda na noite do dia 17 a polícia conseguiu localizar o carro do parlamentar, que havia sido abandonado em uma estrada no próprio município de Ielmo Marinho. O veículo foi levado para a Delegacia de Plantão da  Zona Norte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares