sábado, 29 de setembro de 2012

SESED/RN tem 90 dias para anular contrato de locação de viaturas da PM

A Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) tem 90 dias para anular o contrato de licitação com a empresa Locavel Ltda para locação de viaturas policiais. O prazo foi definido na última terça-feira pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) atendendo ao pedido do Governo do Estado de prorrogação do prazo e sugestão do Ministério Público. 

Para tomar a decisão, o TCE analisou os documentos encaminhados pela Sesed, como comprovação da possibilidade de prorrogação do prazo de entrega dos veículos em 90 dias, em consonância com o edital e as normas em vigor, e apresentação de pedido formal das empresas, com exposição de motivos que justificassem a medida. O governo encaminhou ao TCE correspondência da nova empresa locadora, a Citycar Locação de Veículos e Serviços Ltda, que defendia o pedido de prorrogação de prazo. 

Segundo informações da assessoria de comunicação da Sesed, os representantes da empresa Citycar Locação de Veículos garantiram que o prazo concedido pelo TCE é suficiente visto quea empresa ficou de entregar os carros no prazo de 60 dias sem prejuízos à população ou ao governo. 

Memória 

Em maio, o TCE pediu anulação da licitação para locação de 300 veículos a fim de atender às necessidades da Polícia Militar e Polícia Civil. A Sesed tinha por objetivo renovar o contrato de locação de veículos com a empresa Locavel. O primeiro contrato com a empresa foi assinado no ano de 2009 e renovado em 2010 e 2011. 

O voto do relator, conselheiro Renato Costa Dias, apontou ilegalidade na dispensa da licitação e na execução contratual. Para evitar grave dano ao erário, a Corte de Contas deferiu medida cautelar procedendo a anulação do contrato realizado, no prazo de 120 dias. Nesse tempo, deverá ser realizada nova licitação.


Fonte: Eduardo Eduardo

NORE apreende mais uma arma de fogo em Assu





NORE de Assu prendeu por volta das 18h30 desta sexta-feira (28) um rapaz de 18 anos e anos, por porte ilegal de arma de fogo. Ele foi surpreendido na rua XV de Novembro, quando saia da favela BH, no Bairro Dom Elizeu. Foi encontrado com ele um revólver calibre 22 da marca Rossi, municiado com três munições estava na cintura do acusado.

A prisão ocorreu quando a viatura fazia patrulhamento nas proximidades da favela BH, lugar popularmente conhecido como ponto de venda de entorpecentes, e percebeu uma atitude suspeita de uma motocicleta de cor preta. Ao ser abordado o acusado apresentou-se como Renato Medeiros de Farias. Ao ser indagado sobe a sua idade e onde adquiriu a arma de fogo, o acusado inicialmente falou que tinha 17 anos, provavelmente para livra-se da acusação, e que o revolver era da época que ele morava no sitio da família na comunidade dos Torrões na zona rural de Assu.
 
Tendo em vista que Renato não portava nenhum documento de identificação, foi conduzido a sua residência, e ao chegar à sua casa foi constatado mediante o CPF que ele já era maior de idade. O acusado também disse uma nova versão para a compra da arma, afirmando que a obteve no Bar de Ramos, ao preço de R$ 200,00.  

Vale ressaltar que as munições encontradas estavam picotadas, mas não deflagradas, o que dar a intender que já foi efetuado disparo com elas, mas as mesmas falharam.  

A guarnição se dirigiu a delegacia de plantão em Mossoró para realizar os procedimentos. Passando quatro horas para terminar o flagrante. Retornando a cidade de Assu por volta de 1h da madrugada.


terça-feira, 25 de setembro de 2012

STJ determina reingresso de Sargento Regina na Policia Militar do RN


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgou o Recurso em Mandado de Segurança que trata do retorno da Vereadora Sargento Regina à Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Após a sustentação oral da advogada Maria Paula Vilela Vieira de Castro Ferreira, a Sexta Turma do STJ, em decisão unânime, concedeu a segurança pleiteada e anulou a exclusão da PMRN perpetrada pelo então Comandante Geral.

Entre vários fatores relevantes na fundamentação do seu julgado, o Relator do processo considerou o fato de a Sargento Regina ter época da exclusão mais de 17 anos de carreira sem nenhuma mancha ou desvio na sua ficha disciplinar. Regina foi expulsa, no dia de seu aniversário, em 12 de setembro de 2008.  

Nas suas redes sociais a Vereadora Sargento Regina agradeceu conquista a Deus e ao escritório de Castro Ferreira Advogados Associados, nas pessoas dos advogados Maria Paula Vilela Vieira de Castro Ferreira e Carlos Eduardo do Nascimento Gomes.

Fonte: De Fato via Eduardo Dantas

Projeto de Lei de Promoções de Praças prevê nível superior para ingresso na PMRN


O Projeto de Lei Complementar que tramita nos corredores da Polícia Militar e que diporá sobre o Regime de Promoção das Praças da PMRN e do Corpo de Bombeiros Militar do RN, prevê em um de seus artigos a exigência de curso superior para ingresso na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros Militar do RN.
A mudança poderá por fim aos anseios de vários candidatos detentores de nível médio e que desejam ingressar na PMRN. Caso aprovada antes da realização do próximo concurso, a mudança afetará os candidatos de nível médio que vêm intensificando seus estudos e que desejam ingressar na PM e no CBM.
O desejo de mudança no nível de escolaridade de ingresso nas Instituições Militares do RN é antigo e seus defensores acreditam que a categoria possa ser mais valorizada.
No entanto, apesar do desejo de mudança na legislação, a Lei de Promoções de Praças ainda poderá demorar um pouco para ser aprovada, dando uma perspectiva de um último concurso de nível médio para as Instituições Militares do RN.
Fonte: Portal BO

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Acidente na RN-016


Na noite de hoje 23 de setembro pro volta das 19h30 aconteceu um acidente na RN-016 mais precisamente na comunidade da Mutamba da Caeira, as primeiras informações são que um veículo tipo pampa de placas MZA 3183 seguia de Carnaubais/Assu e teria invadido a contra mão batendo de frente em uma moto Honda Broz vermelha de placa OJS 8145 conduzido por Josenias Barbosa Gomes residente na comunidade de Panon I. 

A equipe do SAMU prestou socorro a vítima para o hospital regional de Assu e Segundo a polícia o motorista da pampa evadiu-se do local, os agentes do NORE estiveram no local realizando os procedimentos cabíveis. 


Fonte: Focoelho.com

Homicídio em Assu


Foi registrado na noite de hoje (23), mais um crime de homicídio na cidade de Assu, com esse já são 10.

Segundo informações, a vítima João Batista Fernandes, mais conhecido como “Batista Coró”, de 68 anos, trafegava nas proximidades do Hospital Regional quando dois homens em uma motocicleta modelo Bis de cor preta se aproximaram e efetuaram vários disparos em sua direção, sendo atingido de forma fatal e morrendo no local.

Ainda segundo informações a vitima já respondeu por um homicídio e uma tentativa em Assu.

A Policia Militar realizou diligências, mas ninguém foi identificado ou preso, uma equipe do NORE ficou isolando o local até a chegada do GTO que assumiram o isolamento aguardando os peritos do ITEP.

Fonte: Força Tática

sábado, 15 de setembro de 2012

NORE prende assaltante em Assu


Na sexta-feira (14) por volta das 20h, a viatura do NORE estava policiando o Centro de Assu, quando foi comunicado por um popular que a pessoa conhecida como Chico Farinha estava realizando um assalto a Panificadora São Pedro. De imediato, os militares foram em direção à padaria e conseguiram realizar a prisão em flagrante do acusado quando ele tentava pegar R$ 100,00 com a atendente do estabelecimento.

O Chico Farinha já havia realizado outros assaltos na cidade. O primeiro foi às 14h30 na Farmácia Comunitária no Bairro Dom Eliseu, onde o mesmo conseguiu levar R$ 30,00. Ele ameaçou os funcionários dizendo que ele n estava sozinho, e que se não dessem o dinheiro pra ele os seus amigos viriam e atirariam em todos.

Marcos Sena, vulgo Chico Farinha
Chico Farinha, que tem o nome de Marcos Sena de Souza, é conhecido na cidade e sempre realiza seus assaltos utilizando dessa forma de abordagem, ameaçando suas vítimas de forma agressiva para obter dinheiro. Farinha já foi preso por furto e roubo, cumprindo pena na Penitenciária Agrícola Mário Negócio, estando atualmente em liberdade condicional.

O acusado juntamente com as vítimas e testemunhas foram conduzidos a delegacia de Mossoró para ser feito os procedimentos legais. 

O fato que se torna cômico se não fosse trágico, é Chico Farinha sair dizendo a todos que no máximo até quarta-feira ele estará nas ruas novamente, pois a "Dotora é minha chegada".

Foto: Passando da Hora

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Polícia Rodoviária Federal e Ministério Público do RN desencadeiam operação de combate a fraude em carteiras de habilitação em Mossoró


A Polícia Rodoviária Federal, através do seu Núcleo de Operações especiais (NOE), desencadeou na manhã desta terça feira (11/09),uma operação denominada de Cangueiros, que tem como objetivo, combater fraudes em Carteira Nacional de Habilitação-CNH.

Segundo informações do Assessor de Comunicação Social da PRF no Rio Grande do Norte, Everaldo Moraes, foram expedidos pela justiça 11 mandados de prisão temporária, 18 mandados de busca e apreensão em Mossoró, Assu, Alexandria e Tibau. Todos os mandados foram cumpridos.

Ainda de acordo com Everaldo Moraes, 11 pessoas foram presas, sendo elas:

Maria do Socorro Batista de Arruda, Principal articuladora do esquema, Gersoy Almeida Bezerra, CFC Piloto; André Leandro Morais Gomes,CFC Siga e Parada Obrigatória;
Manoel Cândido de Araújo Filho, CFC Parada Obrigatória; Jader Luís Henrique da Costa, Diretor do DETRAN/Mossoró; Reginaldo Luís de Araújo, Cb Araújo, Perito; Laudeilson Neves do Carmo, Cb. Neves, Perito; Francisco Alysson Soares da Rocha, Sd, Perito; Regivania Maria dos Santos, CFC Parada Obrigatória; Flávia Batista Arruda, CFC Pitéu; Maximiliano Robespierre Targino de Sá, CFC Pitéu

O Assessor da PRF informou ainda que as fraudes nas CNHs consistiam na seguinte forma: Todos os envolvidos faziam parte de uma quadrilha que agia em Mossoró, Tibau, Assú e Alexandria fraudando diversas etapas do processo de emissão da Carteira Nacional de Habilitação - CNH´s.

As irregularidades aconteciam desde o registro falso da presença dos interessados às obtenção de CNH nas aulas teóricas à facilidades nos testes escritos, práticos, psicológicos e exames médicos. Isso possibilitou que pessoas analfabetas, por exemplo, ou com algum grau de deficiência visual conseguisse obter sua Habilitação. 

A fraude envolvia além do presidente do DETRAN e servidores públicos daquele órgão, os proprietários dos Centros de Formação de Condutores SIGA, PARADA OBRIGATÓRIA, PILOTO e PITÉU.

O esquema funcionava com a captação de interessados à obtenção de CNH, os quais não precisavam assistir às aulas teóricas e/ou eram favorecidos nas provas escritas e práticas.

Em muitos casos os gabaritos da prova teórica eram entregues em branco para posteriormente serem preenchidos pelos integrantes da quadrilha.

Policias do BPChoque participaram da operação
Além disso, os aspirantes a condutores tinham acesso antecipadamente aos testes psicológicos e eram aprovados nos exames de visão ainda que apresentassem algum tipo de problema que o incapacitasse à aptidão no referido exame. Nem mesmo os testes de direção, muitas das vezes precisavam ser feitos.

A quadrilha possuía uma tabela com os valores para os favorecimentos que iam desde a aulas para o psicoteste, no valor de R$ 200,00, à aprovação no teste de volante por R$ 250,00 e até R$ 4.000,00 para as demais etapas do processo. A investigação demonstrou que o principal alvo da quadrilha eram os analfabetos.

Entre os crimes praticados estão formação de quadrilha (art. 288 do CP), inserção de dados falsos em sistema de informação (art. 313-A) e corrupção passiva e ativa (arts. 317 e 333 do CP).

Os presos foram encaminhados para a promotoria de Justiça onde estão sendo ouvidos pelos Promotores. A Operação envolveu 100 homens da PRF, 20 promotores de justiça e 10 Homens do Batalhão de Choque de Natal, uma vez que tem policiais militares envolvidos nas fraudes.

Fonte: O Câmera 2

domingo, 9 de setembro de 2012

Assaltantes presos apos ação criminosa com refens em Patu/RN


Um assalto a um supermercado na cidade de Patú, ocorrido na noite de sábado, por volta das 19h30h movimentou o setor policial daquela cidade.

Dois elementos armados invadiram o supermercado e deram início a um assalto, obrigando o proprietário do estabelecimento a fechar as portas do comercio deixando os proprietários, funcionários e clientes que estavam no interior do prédio como reféns e sob mira de armas de fogo.

José Roberto e David Rafael
A polícia local foi acionada e por uma abertura conseguiram visualizar os elementos com armas apontadas para a cabeça dos proprietários (pai e filho) e nesse momento o Sargento Getúlio acionou a viatura do GTO de Patu que chegou em seguida, dando início ao cerco a todos os prédios que fazem parte do supermercado, inclusive a residência de um dos proprietários que fica vizinha e demais prédios vizinhos.

Os assaltantes perceberam a movimentação dos policiais militares e deram início uma ação desesperada na tentativa de empreenderem fuga, levando todos que ali se encontravam para o depósito do supermercado que fica nos fundos e que dá acesso para a Rua Gilbani Suassuna, mas perceberam que na saída dos fundos também já se encontrava uma guarnição do GTO de Patu  que impediu a fuga dos bandidos.

Desesperados, os assaltantes exigiam que a polícia se retirasse do local para permitir a fuga deles, pois do contrário matariam todos que ali se encontravam, chegando ao ponto de um deles efetuar um disparo de revólver.

Após alguns minutos alguns reféns começaram a ser liberados e um dos reféns conseguiu se esconder e fugir pelos telhados dos prédios vizinhos.

Vários policias militares de folga começaram a chegar ao local para auxiliar na ação, como também reforço de várias cidades vizinhas como Messias Targino, Rafael Godeiro, Almino Afonso, Frutuoso Gomes, força tática de Caraúbas, policiais civis comandados pela delegada Drª THAIS que ao lado do tenente ADELINO, subcomandante da 2ª CPM comandaram as negociações para libertação dos reféns, sempre preocupados com a preservação da integridade física dos mesmos.

Após mais de uma hora de cerco policial, o assaltante JOSÉ ROBERTO DA SILVA, 38 anos de idade, natural e residente em Mossoró, tentou escapar pelos telhados dos prédios vizinhos, no entanto, foi surpreendido por alguns policiais que encontravam sobre o telhado do supermercado, sendo então preso e conduzido para a 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Patu.

José Roberto ainda tentou se passar por cliente, dizendo que estava fazendo compras no momento do assalto.

Sem saída, o outro assaltante DAVID RAFAEL BEZERRA SANTOS, mais conhecido por "CHUMBREGA", 23 anos de idade, natural e residente em Almino Afonso-RN exigiu a presença de um advogado de Almino Afonso para se entregar, o que foi feito com a presença do advogado, isso por volta das 21h, depois de mais de uma hora do início do assalto.

A dupla tinha conseguido arrecadar quase 18 mil reais dos caixas do supermercado, valor que foi apreendido pela polícia e conduzido para a 7ª DRPC de Patu onde os acusados foram autuados em flagrante delito pela delegada de plantão Drª THAIS.

Informações e fotos: Patunews

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Bandidos suspeitos de terem matado policiais podem ainda estar no RNP


O Polícia Civil do Rio Grande do Norte, já têm os nomes dos suspeitos de terem atirado contra os policiais Jovanez e Antônio Neto, da Delegacia Especializada de Propriedade de Veículos – DEPROV, na noite da última segunda-feira, (03), na zona rural de São José de Mipibu.

Pedro Lucas - Cleyton José - Curau

O Blog (www.sidneysilva.com.br) teve acesso, através de fontes às fotos de pelo menos três deles. São eles: GILMAR DA CRUZ SILVA, de 26 anos, apelidado de CURAU, que era comerciante autônomo, e é natural de Natal/RN; PEDRO LUCAS DA SILVA ALVARES, de 24 anos, natural de Goiania/GO e Cleyton José Martins da Silva.

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte está trabalhando com a Coordenadoria de Inteligência para prender os homens que atirara na noite da última segunda-feira, (03), contra dois policiais que estavam investigando assaltos em município próximos de Natal.

A ação aconteceu nas imediações de São José de Mipibu/RN.

As diligências da Polícia seguem com a perspectiva de que os bandidos ainda estejam no Rio Grande do Norte.

Ações criminosas

As ações criminosas em dois dias esta semana foram promovidas em diversos lugares diferentes.

Na segunda-feira, foram roubados os Correios de Bom Jesus e Lagoa de Pedras/RN. No mesmo dia, uma caminhonete L-200 foi roubada de um político da cidade de Tangará/RN. Em Boa Saúde, ocorreu outro assalto e os bandidos usaram uma caminhonete Triton branca.

Em Afonso Bezerra, dois homens roubaram uma moto. A polícia conseguiu prender um dos elementos. Com ele foi encontrada uma Pistola de calibre 9mm raspada.

Na manhã desta terça-feira, dois bandidos roubaram os Correios de Rafael Godeiro, oeste Potiguar. No mesmo dia foi registrado outro assalto. Foi na cidade de Várzea/RN. Outro crime, foi registrado na madrugada de terça-feira em Serra do Mel. Lá, os bandidos atiraram no Destacamento da PM e arrombaram o Banco. Eles levaram o caixa eletrônico em cima de uma caminhonete.

Ainda na terça-feira, roubaram um caixa eletrônico em Grosso/RN. Em Itaipu/RN, uma viatura da PM foi incendiada. A polícia já tem o nome de um suspeito.

No mesmo dia em Pedro Velho/RN, foi roubado um veículo Gol de  um comerciante. Mais adiante, no Estado da Paraíba, os bandidos voltaram a agir. Foi na cidade de Mataraca, próximo da divisa com o RN. Lá, eles roubaram os Correios.

Fonte: Sidney Silva

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Bando forma barricada na BR-226 e leva Carro de Prefeitura do Oeste



A central da Policia Militar de Janduís, registrou por volta das 03h30min dessa quarta-feira, (05), mais um assalto à mão armada. Dessa vez os elementos foram mais ousados e fecharam a BR 226, entre Janduís e Campo Grande/RN.

De acordo com a polícia, cerca de 4 elementos usando troncos de árvores formando uma barricada fecharam a rodovia à cerca de 1 km do Centro de Janduís, obrigando todos os veículos que passavam pelo local, pararem.

Quatro ocupantes de um veículo Fiat Uno Mille Wey de placas NOH5329/RN, da Prefeitura Municipal de Frutuoso Gomes, que se dirigiam a Natal para realização de consultas médicas, foram feitos reféns pela quadrilha.

Segundo o motorista, por volta das 03h30min, ao avistarem a barricada feita pela quadrilha, diminuiu a velocidade do carro. Nesse momento 4 homens saíram do mato atirando e obrigando ele a parar o veículo, e em seguida, todos foram levados para uma estrada carroçável do sítio Divisão, nas proximidades da antiga Fábrica de Tijolos. Os elementos fizeram o verdadeiro arrastão e fugiram usando o carro da prefeitura.

Após tomarem conhecido do ocorrido, a Guarnição de serviço sob o comando do Cabo Silva, realizaram várias diligencias pelas estradas da região na tentativa de localizar os suspeitos que fugiram com destino a região da Paraíba.

João Paulo, é foragido do Presídio Pereirão.
Já existem alguns suspeitos de terem praticado o crime, que são velhos conhecidos da polícia e que estão foragidos, entre os suspeitos está JOÃO PAULO DUARTE (Gago), fugitivo da Penitenciária Estadual do Seridó, onde cumpria pena por assaltos e o seqüestro de um político do Oeste potiguar.

JOÃO PAULO é considerado de alta periculosidade e foi preso pelo GTO do 10º BPM em uma operação comandada pelo Capitão Brilhante entre Caraúbas e Janduís, na Comunidade do Retiro.


Fonte: Blog Jair Sampaio / GTO Assu

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Após denúncia anônima GTC faz apreensão de Crack e Maconha na cidade de Caicó




Policiais do Grupo Tático de Combate (GTC) apreendeu na tarde de hoje em Caicó o jovem Thiago Izaías dos Santos, 28 anos, residente à rua Prof. Viana, nº 998, bairro Paraíba.

Consta no registro de ocorrência, que os policiais receberam uma denúncia anônima, na qual havia um suspeito de posse de materiais entorpecentes (drogas), feita a abordagem, comprovou-se a materialidade da denúncia, sendo observadas 43 pedras de Crack e 01 trouxinha de Maconha.

O jovem foi conduzido à delegacia para a realização do flagrante delito, uma vez que a quantidade do produto ilícito encontrado com o mesmo o enquadra por tráfico de drogas.

O suspeito estava tentando fazer um deslocamento por via moto táxi, porém, o motoqueiro disse que foi chamado para a corrida e que não sabia do envolvimento do rapaz com o mundo das drogas, portanto, será ouvido e certamente será liberado.

Fonte: Jair Sampaio

Bando armado explode agência do baco do brasil de Serra do Mel

Um grupo de sete ou oito homens fortemente armados invadiu a agência do Banco do Brasil da cidade de Serra do Mel, distante 320 km de Natal, explodiram o prédio e levaram inteiro um caixa eletrônico sobre a carroceria de uma caminhonete. 

O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira (4). De acordo com o tenente Eromar Sátiro, comandante da PM no município, depois da ação o bando ainda atirou contra o pelotão onde estavam dois policias militares. 

Houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido. Depois do confronto a quadrilha fugiu. Ainda segundo o tenente Eromar, o bando chegou à agência no bairro de Vila Brasília, no centro de Serra do Mel, por volta das 2h. O oficial conta que os homens estavam armados com espingardas calibre 12 e pistolas. 

Depois de explodirem a agência, eles retiraram a estrutura do terminal eletrônico e a colocaram sobre a carroceria de uma caminhonete modelo não identificado. Em seguida, para intimidar a polícia, atiraram contra o pelotão da PM, que fica vizinho ao banco detonado. Dois PM’s estavam dentro do pelotão e revidaram, mas não conseguiram evitar a fuga do bando. A polícia ainda realizou diligências pela região, mas não conseguiu localizar a quadrilha.


Fonte: G1 -RN

Foragido é baleado pela polícia em Afonso Bezerra


Tiago Alexandre Rodrigues, "Peroba", acusado pela morte do empresário do ramo do sal, Genildo Figueiredo, morto no final do ano passado no Bairro Santo Antonio em Mossoró e foragido da Cadeia Publica Manoel Onofre de Souza em Mossoró, foi baleado em uma troca de tiros com policiais da cidade de Afonso Bezerra no final da tarde de segunda-feira (03).

"Peroba" fugiu da Cadeia Publica de Mossoró, no dia 25 de Junho de 2012, onde cumpria pena acusado da morte do empresário em companhia de mais dias comparsas.

Segundo informações, “Peroba" estava rondando a agencia dos correios da cidade em companhia de outro elemento em uma motocicleta. A movimentação foi percebida por populares que acionaram a policia. Peroba reagiu atirando nos policiais que revidaram. Ele foi alvejado com dois disparos. O outro comparsa conseguiu se evadir.

Tiago Alexandre Rodrigues "Peroba" foi socorrido para o Hospital Clóvis Sarinho, em Natal, ainda com vida e será submetido à cirurgia. Com ele os policiais apreenderam uma pistola calibre 9mm, um revólver calibre 38 e uma motocicleta.


Fonte: Noticias do RN/O Câmera.

Polícia Militar e Civil apreendem 55 gramas de crack com uma mulher em Lages/rn


Ontem (03) uma mulher conhecida por Gardenia Gomes da Silva, com 33 anos de idade, residente na rua Carmelita Cabral, n° 6, em Lages, Natural de Canindé/CE, foi abordada quando descia de um ônibus da linha Natal/Lages por volta das 18:30h, com ela foi encontrado a quantidade de 55g de Crack em suas roupas.

A policia Militar juntamente com a Polícia Civil trabalhava em cima de uma denúncia anônima recebida via telefone ao Cabo Osvaldo, o qual informou ao Sd de Lima e ao Sd Sávio que em seguida comunicaram ao Delegado Portela o qual passou a fazer campana com os PM's a espera da suspeita.

A guarnição policial obteve êxito ao abordar a suspeita e ao iniciar uma revista pessoal a própria flagranteada entregou uma pedra de crack pesando 55g que se encontrava escondida por baixo de suas roupas. A droga seria comercializada na cidade.

FICA A DICA: A Polícia Militar de Lages agradece a pessoa anônima que informou detalhes sobre o transporte da droga e fica grata a qualquer pessoa que ajudar no combate as drogas. Denuncie pelo telefone (84)9901-1020 ou (84)3532-3577, e colabore no combate as drogas. Estes números atendem 24h por dia.

Fonte: Cabugi Total

Criminosos matam dois policiais e aterrorizam oito municípios do RN

Em menos de 18 horas, ocorreram assaltos, explosão, incêndio e tiroteios. 
Foram alvos agências dos Correios, bancos e a própria PM.


Viatura da PM foi queimada em Taipu, no RN (Foto: Henrique Dovalle, da Inter TV Cabugi)

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte registrou, durante a tarde e noite desta segunda-feira (3) e madrugada e manhã desta terça-feira (4), uma série de intervenções criminosas em oito municípios potiguares. Os criminosos saquearam caixas bancários, arrombaram prédios públicos, explodiram uma agência bancária, promoveram arrastões em agências dos Correios, incendiaram uma viatura da Polícia Militar e pior: mataram dois policiais civis em um tiroteio. Um assaltante também morreu em confronto com a polícia.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) informou que equipes das Polícias Civil e Militar estão em diligência na tentativa de prender os suspeitos de terem cometido os crimes. As buscas estão sendo gerenciadas pelo Centro de Inteligência da Sesed com o apoio de agentes da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor). Além disso, a assessoria confirmou que as divisas do RN com a Paraíba e com o Ceará estão guarnecidas para evitar a fuga dos suspeitos. A expectativa, ainda segundo a assessoria de imprensa da Sesed, é de que até o final da tarde desta terça-feira o secretário Aldair da Rocha emita uma nota oficial sobre os casos.

Na tarde da segunda-feira (3), a Polícia Militar confirmou que as agências dos Correios nos municípios de Bom Jesus, distante 46 quilômetros de Natal, e Lagoa de Pedras, a 50 quilômetros da capital, foram assaltadas por homens fortemente armados. Nas duas cidades, os criminosos entraram nas agências, renderam funcionários e clientes e levaram dinheiro e pertences pessoais. O montante roubado das agências não foi confirmado pelos Correios. A Polícia Militar acredita que os crimes foram cometidos por pessoas diferentes. “Como eles estavam em veículos diferentes, não acreditamos que os assaltos tenham ligação”, afirmou o subtenente da PM João Maria Paiva.

Policiais assassinados
Interior do veículo onde os dois policiais foram
baleados mostra marcas de sangue
(Foto: Henrique Dovalle, da Inter TV Cabugi)
No início da noite da segunda-feira, dois policiais civis foram baleados durante confronto com bandidos nas proximidades do município de São José de Mipibu, na Região Metropolitana de Natal. Os policiais tentavam recuperar um veículo modelo Pick Up L200 roubado e posteriormente localizado através de GPS. Os policiais foram surpreendidos por criminosos armados que chegaram ao local da ocorrência em outra caminhonete atirando contra os agentes da Polícia Civil. Na troca de tiros, os dois policiais foram atingidos. Um deles, o policial Jovanez de Oliveira Borges, de 39 anos, morreu a caminho do Hospital Regional Deoclécio Marques de Lucena, em Parnamirim, município vizinho.

O outro policial civil, Antônio Pereira Pinto Neto, de 48 anos, foi atingido por dois tiros de fuzil no crânio e no tórax. Ele foi socorrido ao Hospital Deoclécio Marques de Lucena, em Parnamirim, e em seguida transferido para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal. Antônio Neto foi submetido a três cirurgias para retirada dos projéteis mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta terça-feira.


Marcos Aurélio Amador Alves era fugitivo de Alcaçuz
e morreu após confronto (Foto: Cedida)
O criminoso envolvido na ocorrência, identificado como Marcos Aurélio Amador Alves, era fugitivo da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no município de Nísia Floresta. Segundo informações da direção da casa carcerária, Marcos Amador fugiu da unidade no mês de agosto junto com outros sete detentos. Ele cumpria 174 anos de detenção por assaltos à mão armada. Marcos Amador fazia parte de um dos grupos de extermínio mais perigosos do Rio Grande do Norte, liderado por José Valdetário Benevides, o Valdetário Carneiro, morto em 2003. O assaltante morreu também na manhã desta terça-feira. Ele foi atingido durante troca de tiros com a polícia. Ele ainda foi socorrido ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, mas não resistiu.

Viatura incendiada

Na madrugada desta terça, uma viatura da Polícia Militar foi incendiada no município de Taipu, região do Mato Grande do RN. Segundo o tenente Demétrio Tindô, a viatura estava estacionada na frente do Batalhão, por volta das 2h40, quando um soldado de plantão percebeu as chamas se propagarem dentro do veículo. “É um carro novo, com três anos de uso. Mas eu prefiro esperar a perícia técnica, que vai determinar se o incêndio foi criminoso ou não”, afirmou o tenente.

Banco explodido

Também durante a madrugada, na cidade de Serra do Mel, no Alto Oeste potiguar, um grupo de pelo menos sete homens armados invadiu a agência do Banco do Brasil. Os bandidos explodiram o prédio e levaram inteiro um caixa eletrônico na carroceria de uma caminhonete. De acordo com o tenente Eromar Sátiro, o bando estava armado com espingardas e pistolas calibre 12. A quadrilha conseguiu fugir.

Prefeitura arrombada

Também na região Oeste, a Polícia Militar registrou o arrombamento do prédio da Prefeitura deGrossos. “Temos informações que o bando tinha entre 10 e 15 homens fortemente armados”, disse o major Correia Lima. Além do arrombamento, os bandidos saquearam um caixa eletrônico do Banco do Brasil. Eles utilizaram um maçarico para violar o equipamento. O bando fugiu após os crimes e a Polícia não conseguiu localizá-los.

Correios assaltados

No início da manhã desta terça-feira (4), as agências dos Correios de mais duas cidades do interior do Rio Grande do Norte foram assaltadas. As informações foram repassadas pelo subtenente da PM João Maria Paiva. “Não acredito que os assaltos tenham sido cometidos pelos mesmos bandidos”, disse o subtenente, considerando a distância entre os dois municípios, que é de aproximadamente 260 quilômetros. Em Rafael Godeiro, o assalto aconteceu por volta das 8h40. Em Várzea, o crime foi registrado às 9h20. Em ambas as cidades, os suspeitos são dois homens que chegaram às agências em motocicletas, renderam os funcionários e exigiram o dinheiro.


Coronel Francisco Araújo, comandante geral da
Polícia Militar do RN (Foto: Ricardo Araújo/G1)
Para o comandante geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, coronel Francisco Araújo, os crimes não tem ligação entre si. “As ações são decorrentes do abastecimento dos caixas eletrônicos e das agências dos Correios que realizam pagamentos de aposentadorias e salários. Os deliquentes sabem disso e agem”, justificou. Ele exemplificou que durante esta segunda-feira (3), a Polícia Militar com o apoio da Polícia Civil realizou uma operação na divisa do RN com a Paraíba para prender assaltantes e coibir tentativas de assalto. “Tínhamos informações de que os grupos agiriam nas proximidades da Paraíba e montamos uma operação conjunta. Eles foram surpreendidos e migraram para outras regiões do estado”, afirmou coronel Araújo.

Fonte: G1

domingo, 2 de setembro de 2012

Dois menores são detidos pela GCM armado e com uma moto bros tomada de assalto em Mossoró.


Os Guardas Civis Municipais (GCM) do ROMPE de Mossoró apreenderam no inicio da manhã deste domingo (02/09) no conj. Urick Graff dois menores que se encontrava em uma motocicleta tomada de assalto em Mossoró e um deles armado.


De acordo com informações nos repassadas pelos agentes, os mesmos tinham informações de uma pessoa que não quis revelar seu nome, que dois elementos tinham tomado sua motocicleta tipo Honda Bros de cor preta, placa com OCM-1770, e, os mesmos com estas informações, se depararam com os dois menores com a referida moto, pediram que os mesmos parassem, mas os dois não atenderam a solicitação dos GCM, saíram em disparada, os guardas saíram em perseguição aos indivíduos, e na Rua José Rodrigues da Costa, nas proximidades da IFRN, os dois caíram e foram dominados pelos guardas civis municipais.

Os GCM receberam apoio da Radio Patrulha 1210, e, em poder dos dois encontraram um revolver calibre 38 municiado e a moto tomada de assalto em Mossoró.

Foram conduzidos para Delegacia de Plantão e apresentados ao delegado plantonista Dr. Teixeira Junior, os menores de 17 anos e 16 anos de idade, ambos moradores da Favela do Tranquilim. Os dois são acusados da tentativa de homicídio que houve na noite de sábado (1) no Bairro Teimoso. Onde foi vitima Cleison de Oliveira, 23 anos de idade, . De acordo com algumas vitimas que foram a DP, disseram que estes dois menores e mais alguns, estão aterrorizando aquela região. Com uma onda de assaltos, tentativas de homicídios e homicídios.

Já o menor de 17 anos é o autor confesso do crime de morte contra uma mulher na Favela do Tranquilim, que foi morta com um disparo de arma de fogo tipo rifle na cabeça, quando dormia.

Os dois menores vão ser encaminhado pelo delegado a promotoria que decidirá o destinos dos mesmos

Fonte: Passando da Hora

ESPECIAL: Prisão do presidente da Câmara dos Vereadores de Assu


A prisão preventiva do presidente da Câmara Municipal de Assu, vereador Odelmo de Moura Rodrigues, segundo a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, está relacionada apenas ao fato de ter sido o suposto mandante do assassinato do vigilante Joaquim Gomes, ocorrida em 29 de fevereiro de 2000, em Natal.







Mas, o vereador já passou a ser investigado como um dos líderes do grupo de extermínio e  "pistolagem" que vinha atuando há 20 anos na região do Vale do Açu, a partir das informações colhidas com a deflagração da "Operação Malassombro", que em 31 de maio deste ano levou à prisão de 11 pessoas e à apreensão de 21 armas e munições de pistola calibre ponto 40 de uso restrito da polícia.

O delegado da Divisão de Polícia do  Oeste (Divipoe), Odilon Teodósio dos Santos Filho, confirmou que o grupo também está sendo investigado por ter encomendado a morte de um deputado estadual, cujo nome não foi revelado para não prejudicar as investigações, porque o parlamentar teria cobrado, publicamente, uma solução para o caso do assassinato do agropecuarista Oni Galdino, ocorrida há dois anos e sete meses em Assu e que era irmão do ex-prefeito de Paraú, Luís Galdino.

Odilon Teodósio Filho disse, numa entrevista ocorrida ontem de manhã na Procuradoria Geral da Justiça (PGJ), em Candelária, que o grupo de criminosos teria participado de "pelo menos duas dezenas de mortes" em Assu, Campo Grande, Guamaré, Ipanguaçu e Itajá.

Além do presidente da Câmara de Assu, está preso o seu irmão Aureliano Rodrigues da Silva, acusado de ser um dos quatro homens que atiraram contra o vigilante Joaquim Gomes às 22 horas do dia 29 de de fevereiro de 2000, quando passava por uma rua para pegar a filha numa faculdade localizada no bairro de Petrópolis.

Aureliano Rodrigues foi reconhecido em 2 de agosto de 2012 por Cândido Henrique de Medeiros, como testemunha do caso porque na noite do crime vinha passando pelo local, numa caçamba de uma empresa que estava fazendo o serviço de limpeza urbana. O pistoleiro estava com mais três homens num automóvel Palio, verde, de quatro portas e também teria atirado contra ele, por circunstancialmente, ter visto o crime.

Segundo o delegado, Joaquim Gomes também era integrante do grupo "e foi morto por queima de arquivo", meses depois de ter sido praticamente" "expulso" pelo bando da cidade de Assu, tendo vindo morar a Natal, onde passou a trabalhar na empresa Garra de Vigilância. "Deram um ultimato para que ele deixasse a cidade em 24 horas", disse Odilon Teodósio.

A delegada Daniele Filgueira afirma que "existe um código de conduta" entre os membros do grupo de mandar assassinar pistoleiros ou as pessoas que, eventualmente, podia delatar a ação do grupo de extermínio, que segundo a Polícia, teria diversas motivações para a execução de assassinatos - desde questões pessoais e banais, até disputas econômicas e políticas, pois também havia o interesse de praticar justiça com as próprias mãos.

Os dois irmãos terão um prazo de dez dias, contados da última quarta-feira, dia 29, data do cumprimento do mandado de prisão preventiva assinado  pela juíza auxilar Valéria Lacerda Rocha, para responderem por escrito à 3ª Vara Criminal da Comarca de Natal, à acusação de assassinato contra o vigilante Joaquim Gomes.


Deputado denunciou a bandidagem no Vale do Açu e teve
 sua morte contratada pelo vereador Odelmo de Rodrigues. 
Foto: Eduardo Maia/DN/D.A Press //Ascom/DN/Divulgação 
Odelmo teria encomendado assassinato de deputado

Nos autos que estão em tramitação na 3ª Vara Criminal de Natal, também consta que o vereador Odelmo de Moura Rodrigues teria supostamente contratado dois pistoleiros para matar um político do Rio Grande do Norte. Em razão de não terem cumprido o ajustado, os dois foram mortos em Assu como "queima de arquivo", sendo que em um dos atentados escapou Sebastião Garcia Gomes, que, no entanto, perdeu um filho de 14 anos atingidos pelos tiros e uma senhora também saiu ferida, dona Maria da Conceição do Nascimento.

O pistoleiro Paulo Douglas Garcia Gomes, o Paulo "Cabeleireiro", foi morto a tiros por dois homens em uma moto, no dia 9 de junho do ano passado, na rua Dr. Ernesto da Fonseca, em Assu.

Já o outro suposto pistoleiro  assassinado, segundo a Polícia Civil, a mando do  vereador, tratava-se  de Valdemar Ulisses de Souza, morto aos 27 anos com tiros de pistola e espingarda calibre 12. O crime ocorreu em 15 de setembro de 2010, próximo à Comunidade Santa Clara, quando retornava para a comunidade  Linda Flor, na estrada de acesso à cidade de Carnaubais [zona rural de Assu].

Já o irmão do vereador, Aureliano Rodrigues da Silva, reponde por outras duas ações penais de homicídio, nas Comarcas de Campo Grande e Ipanguaçu. O delegado da Divisão de Polícia do Oeste, Odilon Teodósio Filho, informou que Aureliano Rodrigues estava foragido e foi preso em 17 de março no Rio de Janeiro e trazido para Natal.

Em Campo Grande, o irmão do presidente da Câmara de Assu responde pelo duplo homicídio cometido, na cidade de Paraú, contra os irmãos Reginaldo e Renato Rufino da Silva, crimes pelos quais foi condenado, em 18 de novembro de 2009, a 16 anos e quatro meses de reclusão a ser cumprido no presídio estadual de Mossoró. 

Quanto ao homicídio cometido em 16 de janeiro de 1991 contra a pessoa de Manoel Dantas Neto, o réu Aureliano Rodrigues da Silva foi pronunciado judicialmente só em 24 de julho de 2008, bem como o cúmplice Vivaldo Fonseca Júnior, que até aquela data encontrava-se foragido.


"Essa é uma resposta das instituições"

Os desdobramentos da Operação Malassombro, foram explicados pelo chefe da Divipoe Odilon Teodósio, o delegado-geral da Polícia Civil, Fábio Rogério e o Ministério Público. "Esta é uma resposta das instituições ao grupo que ameaçou autoridades. Todos aqui, juntos, passamos o recado que é a instituição que atua como um todo", afirmou o promotor Jean Cardoso, assessor do procurador-geral de Justiça Manoel Onofre Neto. O promotor lembrou as ameaças indiretas feitas pelo grupo aos promotores, delegados e agentes da Polícia Civil que investigam a série de inquéritos de homicídios não concluídos que teriam ligações com a quadrilha. Oito pessoas, entre promotores de justiça, delegados e juízes envolvidos na investigação da Operação Malassombro, receberam ameaças. 

O delegado Odilon Teodósio comentou sobre o período de aproximadamente 20 anos que o grupo, primeiramente chefiado por JoséRodrigues, pai do vereador preso, não foi investigado. "Eles contavam com o medo da população e também com a falta de investigação para seguirem impunes. Existiam pessoas que vazavam informações da delegacia da cidade para os integrantes do bando, assim como os próprios policiais tinham medo e não possuiam estrutura para trabalhar", relatou Teodósio. Um dos casos é de Saulo de Tarso Rocha, filho de um policial militar aposentado e ligado ao grupo dos Rodrigues, que atuava como um policial civil em Assu, possuindo armas e até fardas da corporação, além de ter livre trânsito no prédio da delegacia local. Mas segundo o delegado, a situação atual é diferente. "Hoje temos uma delegacia confiável".


Delegado sequer estima quantas mortes vereador encomendou

Durante a coletiva, o delegado Odilon Teodósio, chefe da Divisão de Polícia Civil do Oeste (Divipoe) foi enfático ao afirmar que não poderia se quer estimar quantos crimes o parlamentar teria encomendado Vale do Açu, nos últimos 20 anos.

Ele ainda apontou os crimes como prática comum na Região, e explicou que ocorriam pelos mais variados motivos: desavença familiar, disputa econômica e política, e pelos motivos mais torpes.

Contudo fez mistério ao falar sobre a tentativa de homicídio do deputado estadual Nélter Queiroz. O delegado não quis revelar detalhes do fato, mas nos autos da investigação consta que o crime teria sido encomendado pelo vereador por 50 mil reais, mas acabou por não se materializar e por isso os dois pistoleiros acabaram assassinados pelo próprio grupo que os contratou.

Para Odilón, a Polícia Civil também tem parcela de culpa por esses crimes. “Faltou empenho muitas vezes e pode se falar até em medo”, pontuou


Vídeo Jornal de Fato

CANDIDATO

O presidente da Câmara Municipal do Assu, vereador Odelmo de  Moura Rodrigues, 42 anos, solteiro e com o ensino médio, é candidato à reeleição e, como filiado ao PSD, integra a coligação proporcional "Ética e Verdade Moral", que ainda conta com os partidos PTN/PV/PC do B. Na declaração de bens entregue à Justiça Eleitoral, o vereador diz que é proprietário de duas casas, uma pick-up Strada e dois imóveis rurais, nos Sítios Santo Antônio e Rio dos Cavalos, em Assu.  Nas eleições municipais de 2008, Rodrigues elegeu-se vereador, sendo o primeiro colocado, numa bancada de dez vereadores. Em 2004, ele se elegera vereador em terceiro lugar.


Fonte: Tribuna do Norte / Nominuto
Foto: Emanuel Amaral


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares