sábado, 28 de setembro de 2013

Uma pessoa morreu em confronto com a policia e três foram presos em Tibau




Uma Operação da Policia Civil na cidade praia de Tibau, termina com um homem morto, um baleado, dois presos em flagrante por trafico de droga e associação ao trafico. Com o grupo os agentes encontraram uma pistola 380, um escopeta calibre 12 armas e um tablete pesando cerca de 1 quilo de crack.

Segundo o Bacharel Rafael Arraes, titular da Delegacia Especializada em Narcóticos de Mossoró, a policia procurava uma quadrilha de traficantes liderada por “Maycon que usava a cidade de Tibau como base para receber e distribuir droga para a região, quando abordaram “Tassio Souza Guerra” de 34 anos de idade e “Mario Renee Forte Lima Bezerra” de 26, residentes no Abolição IV, em Mossoró.

Eles foram detidos quando saiam de uma residencia na praia de Gado Bravo, no município de Tibau. Eles estavam e um veiculo e quando perceberam a presença dos Agentes tentaram se desfazer de um pacote com entorpecente.
 
Tassio e Mario, levaram os policiais até a residência onde o restante do grupo estava hospedado. João Paulo de Paiva Bessa de 32 anos de idade, que estava na área da residência, tentou correr e foi alvejado da perna com um disparou de arma de fogo. João Paulo disse que os Agentes se identificaram como policia e efetuaram dois disparos para o chão, mas ele se assustou com a chegada dos veículos “Viaturas descaracterizadas”.

Maycon Fernandes Melo de 36 anos de idade, natural de Mossoró, reagiu atirando de dentro da residencia contra os agentes. Maycon foi alvejado na região do abdomem e morreu dentro em um dos cômodos da casa com uma pistola na mão. Os seus companheiros acreditam que o mesmo tenha acordado com o barulho provocado pelos disparos e com medo tenha atirado em direção dos Agentes.

Todas as pessoas que estavam na residencia, lamentavam a morte de Maycon e disseram que tentaram conter a fúria do mesmo, avisando que parasse de atirar, que era policia.

Na residencia a policia encontrou, além da pistola utilizada por Maycon, uma escopeta calibre 12 com 10 cartuchos intactos e segundo informações pertence a João Paulo.

A Policia Civil, solicitou a ajuda da Policia Rodoviária Federal para uma busca na área da residencia e na verificação da procedência dos veículos encontrados na casa. Cerca de seis pessoas foram conduzidas para a delegacia de Plantão em Mossoró. Três foram ouvidas e liberadas.

Tassio e Mario foram enquadrado e vão responder por trafico e associação ao trafico de drogas. A culpa de João Paulo, será acrecida de porte ilegal de arama de fogo com o agravante da numeração da arma está raspada. Todos vão aguardar a decisão da justiça na Cadeia Publica Juiz Manoel Onofre de Souza.

Fonte: O Câmera

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares